Micropigmentação ou tatuagem? Conheça as diferenças

0

Muitas pessoas se perguntam quais são as diferenças entre a tatuagem e a micropigmentação. É comum que aqueles que não têm muita experiência neste campo acabem confundindo os dois processos, mas eles são muito diferentes e têm efeitos e resultados diferentes.

Afinal, a micropigmentação não dura uma vida inteira, o que não é o caso das tatuagens, já que só pode ser removida após um longo e doloroso processo. Mas esta não é a única diferença entre os dois procedimentos, e para tornar as coisas mais fáceis e claras, neste artigo nós os separamos de uma forma simples e didática. Fiquem atentos!

1ª diferença: duração

Como dissemos, a tatuagem é um processo vitalício e a micropigmentação não é. Neste último caso, o efeito pode durar até um ano ou mais, dependendo do tipo de tinta utilizada e da forma como foi aplicada. Mas porquê?

É fácil de explicar. A micropigmentação ocorre apenas na superfície da pele, para ser mais preciso, entre a última camada da epiderme e a primeira camada da derme. Normalmente, ocorrem mudanças celulares nestas camadas, ou seja, elas são renovadas de tempos em tempos, o que torna o processo claramente válido. O tempo pode variar entre seis meses e um ano e meio e a aplicação deve ser repetida para obter sempre resultados perfeitos.

RELACIONADO: Curso de Micropigmentação em Sp – o melhor da cidade

Para aqueles que desejam mudar sua aparência mas temem não gostar, a micropigmentação é uma solução muito prática, já que pode ser removida com o tempo sem ter que passar por longos processos de eliminação, que no caso das tatuagens são dolorosos e caros.

2ª diferença: a máquina utilizada

Aqui precisamos reforçar porque as tatuagens duram uma vida inteira e a micropigmentação não. Existem basicamente dois factores: a cor e a forma como é aplicada. Quanto à cor, falamos sobre isso mais tarde. Nesta secção vamos explicar o dispositivo utilizado.

No caso da tatuagem, temos o dispositivo específico, aquele que atinge a derme da pele.  A máquina de tatuagem deposita o pigmento em movimentos rotativos, tanto que é conhecida no mercado como “ROTARY”, uma máquina que faz desenhos sobre a pele com cores diferentes.

A micropigmentação utiliza um dispositivo chamado “DERMOGRAPH” que deposita o pigmento em movimentos rotativos, mas é muito menor do que a máquina de tatuagem. Nas camadas onde o pigmento é aplicado, a renovação ocorre a cada trinta dias ou até mais, dependendo da pessoa. Por esta razão, é necessário fazer o “retoque”. A micropigmentação começa a ser mais “apagada” e, portanto, precisa ser reaplicada. Excepto em alguns casos em que não é necessário porque a pele se adapta bem ao pigmento.

3ª diferença: Tinta usada

Em geral, pode-se dizer que a tinta utilizada na tatuagem tem moléculas maiores, o que significa que deixa o resultado sobre a pele por mais tempo. Comparando o peso molecular de cada pigmento, podemos dizer que o pigmento de micropigmentação varia entre 3 – 10 µ, enquanto os pigmentos de tatuagem: 30 µ. Você entende porque a tatuagem leva mais tempo?

Mesmo a coloração da tinta, específica para este processo, é diferente porque a tatuagem é desenhada na pele e a micropigmentação tem a propriedade de corrigir erros. A tinta utilizada na micropigmentação, graças às suas moléculas menores, deixa o resultado mais próximo da natureza e é à base de glicerina, que é mais fina que a tinta tradicional.

4ª diferença: resultado final

microblading sobrancelha

Quem compreende as diferenças entre os dois procedimentos sabe como os resultados são diferentes nos dois casos. Isto deve-se a todos os problemas já mencionados, tais como a tinta e o equipamento utilizado.

A micropigmentação foi considerada um resultado sutil e mais natural. No caso das sobrancelhas, por exemplo, não é perceptível que uma operação tenha sido realizada, mas apenas que existe um belo desenho do fio bem feito. E este é exatamente o propósito da micropigmentação para ser eficaz e natural.

Pintar com uma tatuagem, como eu disse, vai deixar um efeito mais artificial porque é feito para desenhar e não para os fins que as pessoas usam em maquiagem permanente. Normalmente no final de uma tatuagem é “GLOW” porque é o resultado esperado do trabalho de desenho. Esta é uma grande diferença entre os dois procedimentos e é isto que ainda assusta as pessoas que têm medo de um resultado artificial para procurar um profissional para este fim.

Então porque é que as pessoas ainda estão confusas com isso?

Bem, é fácil de entender. No passado, o termo “maquilhagem permanente” era frequentemente utilizado porque estes tratamentos assemelhavam-se a tatuagens bastante comuns. Na verdade, ainda acontece, com o mesmo nome.

No entanto, a micropigmentação revelou-se uma solução muito mais natural e subtil do que a maquilhagem permanente, precisamente devido às diferenças mencionadas nos tópicos anteriores. A maioria das pessoas ainda não consegue distinguir entre os dois termos por falta de informação ou porque eles nem sequer são revelados.

Mas o mercado da micropigmentação tende a se desenvolver apenas porque traz diferenças incríveis nas mulheres e restaura a auto-estima de muitas.

Este termo deve tornar-se mais conhecido e mais difundido, mas quem conhece as diferenças sabe como elas são importantes, especialmente em termos de resultados. Além disso, como o seu nome indica, a tatuagem é de longa duração e a sua remoção é um processo difícil e caro.

Eu fiz a última maquiagem permanente e arrependi-me, e agora?

Existem muitas técnicas que podem remover maquiagem permanente e que utilizam técnicas de aplicação a laser no local. O preço varia dependendo do local e o processo tem de ser repetido várias vezes à medida que os resultados aparecem. Portanto, tenha muito cuidado com todos os procedimentos cosméticos que você tentar realizar, especialmente se for permanente. A remoção é dolorosa e lenta, mas geralmente vale a pena porque restaura a auto-estima que as mulheres perderam há muito tempo.

Conclusão

Ambos os métodos têm o seu valor, mas precisamos de saber o que podemos esperar de cada um deles e compreender quais são os seus objectivos. Para aqueles que procuram um resultado mais subtil e natural, a micropigmentação continua a ser a melhor solução, uma vez que a investigação neste campo está em constante evolução para melhorar o aspecto final.

Além disso, se o cliente não gostar, ele pode saber que a demanda acabará desaparecendo, o que será um alívio para aqueles que não estão satisfeitos.

Portanto, você deve sempre procurar bons profissionais e perguntar sobre o tipo de intervenção a ser realizada e certificar-se de que é a que você identificou. Indique que você pode querer realizar um processo de micropigmentação e pergunte sobre os detalhes do dispositivo e a cor que foram mostrados neste artigo para evitar mal-entendidos.

Esteja atento e procure sempre as indicações do local e do especialista que irá realizar o tratamento, assim como os detalhes dos cuidados necessários após o tratamento. Temos até um artigo que aborda este tema: Cuidados com a micropigmentação.

RELACIONADO: Compreender A Saúde Do Couro Cabeludo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.