Enem digital 2020, conheça melhor as mudanças que estão por vir

0

 

Confira o nosso artigo do Enem digital 2020 e veja as mudanças que estão por vir.

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é uma prova aplicada todos os anos para avaliar a qualidade de ensino oferecido aos alunos, seja de escolas públicas ou particulares, além disso, proporciona ao candidato a chance de conseguir bolsas de estudo em instituições de ensino superior. No entanto, o estudante que for fazer inscrição enem 2020, notará que haverá alterações na aplicação das provas. 

Enem digital 2020

A ideia do Enem digital surgiu em 2015, no governo da ex-presidente Dilma Rousseff, onde o INEP desejava realizar essa mudança, oferecendo um formato com aplicação de provas on-line nas instituições credenciadas. 

No entanto, com a mudança no governo, houve a necessidade de reavaliar a proposta para aplicação das provas nesse formato. 

Atualmente, as provas são aplicadas em dois domingos no mês de novembro. Ao realizar sua inscrição e efetuar o pagamento da taxa, o candidato pode selecionar o local da prova, a qual é aplicada nas escolas da rede pública e particular. 

O MEC (Ministério da Educação) tem a intenção de mudar a aplicação das provas, as quais seriam realizadas online, através de uma versão piloto. O que ajuda na redução de custos com impressões, já que, de acordo com o diretor do INEP, cerca de R$ 500 milhões é investido para que mais de 5 milhões de candidatos realizem as provas, pois mesmo com o pagamento das taxas, os valores não cobrem as despesas com a aplicação das provas.

O projeto é realizar a aplicação do Enem digital 2020 para no máximo 50 mil estudantes, nos dias 11 e 18 de outubro de 2020, em faculdades ou escolas. A ideia é que a partir de 2026, as provas não sejam mais aplicadas em versão impressa, mudando para a versão piloto eletrônica. 

O INEP deve divulgar as 15 capitais onde a versão Enem digital 2020 estará disponível, para que os candidatos escolham entre a mesma ou a escrita. 

Quais são as alterações no Enem 2020?

Além da versão piloto do Enem 2020, algumas alterações serão realizadas, como as questões da prova, as quais possuem a mesma dificuldade, devido ao TRI (Teoria de Resposta ao Item), no entanto, terão vídeos, games e/ou infográficos. 

A implantação do Enem digital 2020 será realizada aos poucos, sendo a primeira edição em 2020, duas edições em 2021, de 2022 a 2025 quatro edições e com expectativa para consolidação da versão digital, excluindo a versão impressa. 

Em relação às provas, o formato de Ciências Humanas, Linguagens e Código no primeiro dia, Ciências da Natureza, Matemática e redação no segundo dia, permanecem. 

No entanto, a ideia é que as provas sejam customizadas para área de atuação que o candidato deseja escolher, pois com essa nova versão é possível personalizar as provas, uma vez que o “Novo ensino médio” também contribui para tal. 

Após a primeira aplicação, poderão ser analisados os resultados e como fora o desempenho de aplicações da versão digital do Enem 2020, dando margem para os próximos anos. 

E você caro estudante, esta preparado para embarcar nessa mudança tecnológica? Aproveite o espaço para comentários abaixo e deixe a sua opinião, a colaboração de nossos leitores é sempre de grande valia para o nosso site.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.