no

Como se portar e apresentar em uma entrevista de emprego

entrevista de emprego

Para ter um bom desempenho em uma  entrevista de emprego, você precisa de autoconfiança. E esse tipo de autoconfiança deve ser exercido com antecedência. Neste ponto, lembre-se de todas as características e experiências que fazem sentido para esta nova função. Ao fazer este exercício, é importante pesquisar a empresa e suas necessidades para que você saiba como pode contribuir.

Além disso, estabelecer procedimentos de preparação é essencial para manter a calma durante a entrevista. Afinal, você não deve mostrar toda a sua tensão e ansiedade ao entrevistador. Para ajudar, exercícios, uma dieta balanceada e um sono reparador são boas medidas. Então, no dia anterior, vá para a academia ou dê um passeio. É hora de ativar os neurotransmissores que proporcionam felicidade e tranquilidade. Em seguida, invista em uma dieta contendo frutas, vegetais e proteínas para se manter energizado nos estágios finais.

Antes de dormir, volte ao caminho e à logística necessária para chegar ao local da entrevista.  Organize todos os documentos necessários para a entrevista, como currículo ou portfólio atualizado. Vá para a cama cedo e defina um período de tempo antes do alarme programado da empresa. Ao acordar, desfrute de um farto café da manhã, confira os principais atributos que deve mostrar ao contratante e leia as notícias para não ser pego de surpresa por comentários sobre acontecimentos recentes. E saia mais cedo.

Veja também:
Vagas abertas na OLX Brasil, Natura, ClearSale e mais
Embraer, QuintoAndar, Hotmart e mais empresas contratando – Confira!
Russel, Sequoia, Nube e mais empresas contratando – Veja as vagas!

1. Se prepare

Durante a entrevista, você precisa falar sobre sua experiência anterior de trabalho, as características que o diferenciam no setor e os resultados positivos que conquistou em outras empresas. Portanto, é importante refrescar a memória com antecedência. Dessa forma, você não ficará surpreso quando um recrutador fizer uma pergunta. Preparar a memória também é uma forma de garantir que você diga tudo o que quiser na entrevista, porque muitas vezes por causa da tensão, acabamos esquecendo de mencionar um ponto importante.

Poucos dias antes da entrevista, pare e pense sobre a situação mais importante da sua carreira. Idealmente, você pode escolher de 5 a 10 situações e avaliar seu papel em cada situação, o conhecimento que aprendeu, os desafios que encontra, etc. Ao escolher essas situações, observe que cada situação é adequada para múltiplas habilidades – liderança, trabalho em equipe, comunicação, adaptabilidade, etc.

2. Se apresente

É difícil para você contar uma história para seu melhor amigo, seu chefe ou seu avô da mesma maneira. Instintivamente, a maneira como você fala e transmite informações varia de pessoa para pessoa. A mesma lógica se aplica aos entrevistadores: você precisa reforçar o que vai contar com base na pessoa com quem está falando e na oportunidade que essa pessoa representa. Quem é seu público-alvo naquele momento? Imagine que você participou de uma associação esportiva enquanto estava na faculdade.

Se for relacionado ao trabalho financeiro, você pode destacar o fluxo de caixa e a experiência em gestão financeira. Se focar em marketing e comunicação, você pode salvar seu aprendizado criando e promovendo eventos para milhares de pessoas. Isso não é para mudar toda a história, mas para ajustar os detalhes. Use números sempre que possível: números e indicadores ajudam a tornar sua história mais memorável.

3. Seja realista

Fale honestamente sobre sua experiência anterior e seu perfil profissional.Não adianta mentir para si mesmo. Se você for selecionado para esta posição, será impossível sustentá-los a longo prazo. Fale honestamente sobre sua experiência anterior e seu perfil profissional. A empresa valoriza a honestidade dos candidatos. Honestidade é mais fácil de encontrar um emprego do que mentir. Mesmo que você não tenha a experiência necessária para o cargo, diga a verdade ao recrutador, destaque sua disposição em receber treinamento e destaque seus pontos fortes. Lembre-se de que os recrutadores são pessoas treinadas para analisar o tom e a linguagem corporal. Portanto, eles geralmente podem julgar se uma pessoa está mentindo ou, pelo menos, dourando sua própria experiência.

É difícil para você contar uma história para seu melhor amigo, seu chefe ou seu avô da mesma maneira. Instintivamente, a maneira como você fala e transmite informações varia de pessoa para pessoa. A mesma lógica se aplica aos entrevistadores: você precisa reforçar o que vai contar com base na pessoa com quem está falando e na oportunidade que essa pessoa representa. Quem é seu público-alvo naquele momento? Imagine que você participou de uma associação esportiva enquanto estava na faculdade.

Se for relacionado ao trabalho financeiro, você pode destacar o fluxo de caixa e a experiência em gestão financeira. Se focar em marketing e comunicação, você pode salvar seu aprendizado criando e promovendo eventos para milhares de pessoas. Isso não é para mudar toda a história, mas para ajustar os detalhes. Use números sempre que possível: números e indicadores ajudam a tornar sua história mais memorável.

4. Tenha bom argumento na hora de responder as perguntas

Algumas empresas fazem perguntas muito estranhas durante as entrevistas de seleção. Já ouvimos falar de “quanto pesa uma girafa”, “quantas bolas de gude podem ser colocadas em um avião” e até “quantos McDonald’s em São Paulo”. Essas perguntas aparentemente engraçadas podem parecer uma brincadeira, mas na maioria dos casos, elas têm como objetivo testar seu raciocínio lógico. O mais comum é que são utilizados em banco de investimento e consultoria, além de empresas modernas como o Google, são muito bons nesse tipo de questionamento. Se você se deparar com esse problema, prove que pode organizar seu raciocínio para chegar a uma resposta lógica que não seja necessariamente correta.

“Por exemplo, no caso do McDonald’s, sei que alguém desenvolveu uma regra prática de três pessoas e obteve aprovação durante o processo de seleção”, disse Fernanda, do Loite. A resposta do candidato é a seguinte: na minha cidade, há X residentes e Y McDonald’s. Em São Paulo, o número de moradores da minha cidade é mil vezes maior do que a minha, então deve haver mil vezes o número de McDonald’s lá. Tão simples. Sempre bom, demonstrar as pessoas que esta te entrevistando que você esta, tranquilo e que vai responder às perguntas de forma bastante calma e sincera.

Escrito por admin

Como criar um currículo

Confira nossas dicas sobre como criar um currículo de qualidade!

entrevista de emprego

Veja dicas sobre como se comportar em uma entrevista de emprego